sábado, 29 de janeiro de 2011

Profissão: Scouter, o caça-modelos

Moda: Os bastidores para chegar ao topo!







Dilson Stein, scouter da über model Gisele Bündchen


Ser modelo não é nada fácil. Tarefa árdua e que requer muito treinamento, disposição, perseverança. Mas, o que é realmente um modelo?!

MODELO: “Pessoa que disponibiliza sua imagem para ser registrada em fotografia, pintura, escultura ou desenho. Nesse registro o objetivo não é a pessoa em si, nem sua personalidade, mas sim a outra personagem definida (pelo diretor de cena, que pode ser o pintor, o fotógrafo, o escultor ou desenhista), para o qual o modelo normalmente o representa. “

Trabalho constante, muito tempo de dedicação, olho clinico e... "hum... acho que achei a pessoa ideal para o que preciso". Em inglês, scouter, com tradução livre em português para "olheiro", é exatamente o nome dado para a pessoa responsável por encontrar novos talentos para o mundo da moda. Muito glamour, competência, determinação, personalidade forte, postura e carisma. Não é apenas um rostinho bonito que eles procuram. Querem mais que isso. Querem O MODELO certo!

Aparentemente, pode até parecer fácil, mas esta missão requer muito jogo de cintura e até um certo preparo físico. Primeiro motivo: o trabalho é na rua. Então, se você se interessou, prepare-se para longas horas em pé.

Local e horários de trabalho ficam por sua conta. Quem trabalha como “scouter” não tem que cumprir horas. O importante é se organizar, já que o único compromisso com a agência empregadora é com o número de fotografias que devem ser entregues semanalmente – algo em torno de 150 a 200 fotos.

Mas atenção para alguns avisos… Junto com a foto, o “scouter” também precisa fornecer o telefone da pessoa escolhida e conseguir essa informação não é lá muito fácil… Por isso, um “scouter” deve ser simpático, confiante e ter todas as informações necessárias sobre a agência e sobre os trabalhos oferecidos. A pessoa escolhida precisa confiar em você. Ainda assim, esteja preparado para ouvir muitos “nãos”. Por isso, tome cuidado para manter seu astral sempre lá em cima.

Para conseguir uma boa quantidade de fotos no fim de um dia, o local escolhido pelo “scouter” é muito importante. Normalmente, ruas movimentadas são as melhores para encontrar gente bonita e conversar com elas. A concorrência é maior, já que muitos olheiros atuam na região, mas a possibilidade de conseguir mais fotos em menos tempo é grande.

Um detalhe importante: fotos com números de telefone errados ou fotos de pessoas que não se enquadram no perfil pedido pela agência não são pagas. Durante a conversa com a pessoa escolhida, o “scouter” deve conferir cuidadosamente todas as informações para não ficar no prejuízo.


Nenhum comentário:

Postar um comentário